Volume 7 | Número 1 | 2020

ÍNDICE


PDF COMPLETO icon_pdf
(CLIQUE NA CAPA)


EDITORIAL

01 | Editorial
Antonio Carlos Lima Pompeo [Artigo Completo]


ARTIGO ORIGINAL

02 | Recidiva do câncer de próstata: análise do psma-pet/ct como método de avaliação 
Bruno Von Mühlen, Jéssica Zanatta Jorge Elias, Larissa Vendrame de Marchi, Luiz Geraldo Hesseine Sá Junior, Carlos Cunha, Fernando Meyer [Artigo Completo]

9 | Estudo de ocorrência de casos de infecção do trato urinário empacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos em serviço de urologia de Fortaleza-CE
David Sucupira Cristino, Antonio Augusto Guterres Castro, Francisco José Cabral Mesquita, Humberto de Holanda Madeira [Artigo Completo]

 


RELATOS DE CASOS

17 | Hemorragia espontânea unilateral de adrenal em paciente jovem portador de síndrome do anticorpo antifosfolipídio: Um relato de caso com revisão de literatura
Hugo Octaviano Duarte Santos, João Paulo Barbosa, Renato Panhoca [Artigo Completo]

22 | Paracoccidioidomicose adrenal: Relato de caso e revisão da literatura
Eclair Lucas Filho, Lucas Luis Ávila, Roberto Mateussi Justo, Luis Cesar Zaccaro da Silva, Gilberto Saber [Artigo Completo]

Editorial 1 2020


Vol. 7 (1): 1-1 | 2020

Editorial


Prof. Antonio Carlos Lima Pompeo

Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (2020-21)

Prof. Livre Docente-USP – Fac. Med. S. Paulo
Prof. Titular de Urologia da Fac. Med. do ABC
Titular da Academia de Medicina de S. Paulo, São Paulo, Brasil


 

A formação integral de residentes em urologia constitui um dos objetivos importantes da Sociedade Brasileira de Urologia. Neste particular sua atuação e ampla e passa, entre outras, pelo credenciamento dos serviços de residência, monitorização dos mesmos com visitas periódicas utilizando checklists padrão que incluem entrevistas particulares com os residentes que tem liberdade total de expressão. Estas reuniões resultam em relatórios, cuja avaliação pode levar a mudanças significativas do programa ou mesmo o seu cancelamento. Ao termino da residência, a SBU elabora um exame que confere aos aprovados o título de especialista que os credenciam verdadeiramente a atuar na pratica urológica, sendo comumente indispensável no critério de seleção das entidades de prestação de serviços médicos.
O programa TARGET – treinamento avançado de residentes e outra atuação que, em reuniões online, são apresentados temas relevantes da especialidade, com discussões de casos clínicos, levando em consideração os guidelines das principais sociedades internacionais. Nestas os residentes são os protagonistas, apresentam os casos, interagem com os palestrantes, fatores que colaboram para sua formação e também para treinamento de comunicação.
A revista eletrônica RECET tem o apoio da SBU e se destina aos residentes, abrindo espaços para publicações sobre vários temas como artigos de revisão, relatos de casos, opiniões, atualização em exames e novidades terapêuticas. E uma via que facilita a interação entre os serviços credenciados e que deve ser estimulada por todos!

Residentes, participem e se unam a SBU!

 


ARTIGO COMPLETO em PDF

 

 

Como me inserir no mercado de trabalho? Modelos de atuação


Vol. 5 (2): 5-7 | 2018

Fellow or Foe? – Quais as 10 perguntas que você deveria fazer antes de começar um “fellow” em urologia?


Bruno Santos Benigno

Membro titular da SBU
Membro da CET
Titular do Núcleo de Urologia do Hospital AC Camargo Câncer Center – SP

Nas últimas duas décadas a medicina presenciou um aumento exponencial do volume de conhecimentos incorporados pelos avanços científicos e tecnológicos. A urologia é responsável por boa parte desses avanços e representa uma das especialidades médicas com uma das maiores curvas de aprendizado para procedimentos com alta complexidade.


ARTIGO COMPLETO em PDF

Como me inserir no mercado de trabalho? Modelos de atuação


Vol. 4 (2): 2-4 | 2017

Como me inserir no mercado de trabalho? Modelos de atuação

A grave crise financeira e política do país


Marcelo de Queiroz Cerqueira

Membro titular da SBU
Médico do Serviço de Urologia,
Instituto Cardiopulmonar da Bahia

A grave crise financeira e política do país, a violência urbana, o mercado saturado e a falta de perspectivas são esses e outros motivos que levam brasileiros a almejarem uma vida no exterior. No contexto de um jovem Urologista, somam-se o acesso a tecnologias de ponta e a possibilidade de viver a especialidade na sua máxima plenitude. A Cirurgia robótica difundida, a tecnologia de ponta, a estabilidade financeira e a qualidade de vida dentre outros benefícios.


ARTIGO COMPLETO em PDF