RECET Vol. 3 (1): 12-16 | 2016

RELATOS DE CASOS


Antonio Carlos Heider Mariotti (1), Paula Andreia Martins Carrilho (1), Ravisio Israel dos Santos Junior (1), Oscar Rubini Avila (1)

(1) Departamento de Urologia – Hospital Regional de Presidente Prudente, São Paulo, Brasil.


RESUMO

A macroglobulinemia de Waldenstrom (MW) é um linfoma linfoplasmocitário de baixo grau com uma produção monoclonal de imunoglobuilina IgM. Tem uma incidência global de 2.5/milhões de casos/ano. A idade média de diagnóstico é 63 anos. As manifestações clínicas são hepatomegalia (20%), linfadenopatia (15%) e esplenomegalia (15%). Manifestações cutâneas são raras e incompreendidas. Dois diferentes tipos de lesões cutâneas são descritas: não-específica e específica, que podem revelar a doença ou surgir durante o curso da mesma. Descrevemos pela primeira vez na literatura, um homem que iniciou o quadro clínico da MW com lesões cutâneas ulcerosas inespecíficas em pênis.


ARTIGO COMPLETO em PDF